8:00 - 18:00

Horário de seg. a sex.

(19) 3434-5023 | (19) 3433-0004

Telefone de contato

Search
 

Apenas 4% dos inscritos no Exame da OAB são aprovados em Piracicaba

BINI Advogados > Apenas 4% dos inscritos no Exame da OAB são aprovados em Piracicaba
Aumento no número de faculdades de direito pode ter prejudicado a qualidade do ensino
Na última prova do exame da Ordem dos Advogados do Brasil, realizada em junho, dos 450 inscritos em Piracicaba, apenas 19 foram aprovados e agora podem exercer a profissão de advogado.
Na opinião do Dr Claudio Bini, advogado há mais de 30 anos e também membro do Conselho Seccional da OAB, esses números desencadearam uma discussão sobre a obrigatoriedade do exame. “Alguns dizem que o exame deve ser extinto, mas eu sou a favor desse exame por ser um selecionador de profissionais. Acredito que o alto índice de reprovação se dá por conta da proliferação das faculdades e baixa qualidade do ensino em todos os níveis, e especialmente no Direito”.
Para se ter uma idéia, a OAB divulga anualmente desde 2001 a avaliação sobre os cursos de direito. Do primeiro ano da avaliação para cá, os cursos só pioraram e apenas 25% deles receberam o selo “OAB Recomenda”.
Dr Claudio Bini acrescenta que o correto não é acabar com o exame, mas fiscalizar o nível do ensino. “Antes, a OAB apenas opinava sobre instalação de faculdades. Já teve até faculdade fechada por falta de requisitos mínimos para o funcionamento”, acrescenta Dr Claudio.
O exame seleciona quem entra e quem não entra na advocacia. A partir dele, o profissional fica sabendo se está preparado para advogar. A segunda fase do exame em curso acontecerá no dia 25 de julho, e em razão do número de aprovados na primeira fase, a segunda prova será realizada em outro local ou mesmo outra cidade, a ser divulgada pela Coordenação Nacional do Exame de Ordem, segundo o Coordenador local do Exame de Ordem, Dr. Silvio Campacci.
O próximo exame da OAB será em setembro, e os recém formados já se preparam para ela.
O próximo exame da OAB será em setembro
Os recém-formados já se preparam para a segunda fase do Exame da Ordem dos Advogados do Brasil, que será realizado em setembro.
Leandro Longato Neto, formado este ano pela Universidade Metodista de Piracicaba, vem estudando para o exame antes mesmo de ter ser formado. “Estudo resolvendo as questões dos exames anteriores e procuro ficar atualizado nas discussões no STF e STJ”, explica Leandro.
Segundo ele, o Exame não é discutido em sala de aula, mas o conteúdo passado é compatível com o que é exigido na prova. “O Exame é essencial para selecionar os bons profissionais. Mesmo a faculdade não discutindo a prova, ela dá suporte para toda a vida profissional, por isso é necessário escolher muito bem a universidade. Estou confiante”, conclui.